Glória Maria afirma que retrospectiva 2016 foi a mais complicada que já fez

Eventos
30
DEZ
2016

Em um ano tão cheio de acontecimentos, a piada "não queria ser a pessoa que vai fazer a retrospectiva de 2016" tomou conta das redes sociais.
 
Afinal, com tantos assuntos para serem mostrados, os usuários da internet consideraram que o responsável por compilar os acontecimentos e decidir quais e em que ordem serão mostrados tem um dos trabalhos mais complicados de todos.
 
Na Globo, essa tarefa também coube a Glória Maria. Com mais de 40 anos de experiência na emissora, a jornalista e apresentadora confirma que não é modo de falar. Para ela, nunca foi tão difícil fazer o programa de fim de ano. "Neste ano, está sendo muito mais complicado a gente fechar a 'Retrospectiva', porque a cada dia aparece um fato novo. O texto que a gente fez ontem não vale mais hoje", diz a jornalista ao "F5".
 
"Acho que nunca houve uma retrospectiva tão trabalhosa para fazer, para preparar e para selecionar os assuntos", acrescentou. Na atração que vai ao ar nesta sexta-feira (30), após "A Lei do Amor", Glória exibirá ao lado de Sergio Chapelin os principais assuntos do ano, como os protestos no Brasil, o impeachment de Dilma Rousseff, a Olimpíada, a tragédia da Chapecoense e a eleição de Donald Trump, nos EUA.
 
Agora, quanto aos temas de menor destaque, talvez seja melhor esperar até o último momento para decidir se eles terão espaço para entrar na atração. "Até o dia 30, a gente vai fazer modificações. Foi um ano tão devastador que a gente está tendo um trabalho insano para botar esse programa no ar", diz Glória. "Então, com certeza é a 'Retrospectiva' mais trabalhosa de que eu já participei", completa.
 
A "Retrospectiva 2016" vai ao ar nesta sexta (30), após "A Lei do Amor", na Globo.

Fonte: Bocão News

Artigo postado no dia 30 de dezembro de 2016, em Eventos.

Deixe seu comentário