13º leva professores da rede municipal a manifestarem-se, em Simões Filho

Política
26
DEZ
2016

Professores da rede municipal cobram 13º salário na sede da prefeitura

Cerca de 130 professores da Rede Municipal de Ensino protestam na sede da prefeitura de Simões Filho nesta segunda-feira (26). A manifestação cobra o pagamento das duas parcelas do 13º salário. De acordo com a diretora local do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Lindinalva Oliveira, somente os professores não receberam o benefício, que deveria ter sido pago até a última terça (20). "O prefeito diz que não tem data [para depositar], não tem dinheiro, não tem como fazer", relata a diretora ao Bahia Notícias. Lindinalva acrescenta que nem o prefeito José Eduardo Mendonça de Alencar (PSD) e nem o secretário de finanças se encontram no prédio para prestar esclarecimentos. O Bahia Notícias tentou contato com o gestor, mas não houve retorno. Em vídeo, um guarda municipal tenta fechar as portas da sede para inibir a entrada dos protestantes.

Fonte: Bahia Notícias

Artigo postado no dia 26 de dezembro de 2016, em Política.

Comentários

Deixe seu comentário