Apresentado no Barcelona, Coutinho revela papo com Neymar

Esporte
08
JAN
2018

Brasileiro disse que o craque o parabenizou pela transferência

 

Segunda maior contratação da história do futebol, o brasileiro Philippe Coutinho assinou vínculo de cinco anos e meio com o Barcelona e foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (8), no Camp Nou, estádio do clube espanhol. Coutinho foi transferido do Liverpool por 160 milhões de euros (cerca de R$ 620 milhões).

 

Em sua primeira entrevista coletiva no novo time, o meia de 25 anos revelou ter conversado com Neymar sobre a transferência.

 

“Falei com ele. Me parabenizou ontem quando soube. Me falou da cidade, dos companheiros, que tem um vestiário incrível. Isso já tinham me dito Paulinho e Luis Suárez. Espero ser muito feliz aqui”, comentou Coutinho.

 

Neymar trocou o Barça pelo PSG em agosto do ano passado, na contratação mais cara da história (222 milhões de euros, na época R$ 821 milhões).

 

Titulares do Brasil para a Copa do Mundo na Rússia, Coutinho e Neymar são amigos e companheiros desde as seleções brasileiras de base, quando tinham 15 anos – os dois são da mesma idade. O novo jogador do Barcelona, no entanto, evitou comparação com o antigo.

 

“Somos jogadores diferentes. Neymar é um grande jogador, temos características diferentes. Venho para buscar meu espaço”, afirmou Coutinho, após ser perguntado por um repórter.

 

Ele também foi questionado sobre jogar com Neymar, na Seleção, e agora com Messi.

 

“São dois grandes jogadores, não preciso falar isso. Jogo com Neymar na seleção e somos amigos desde pequenos. Messi vou conhecer agora, é um grande jogador, estou muito contente em poder dizer que vou jogar ao seu lado, assim como os outros companheiros. Tenho a sorte de poder jogar com eles”, declarou.

 

No Barcelona, Coutinho também vai reeditar a parceria com o atacante Luis Suárez, com quem jogou no Liverpool em 2013 e 2014. O uruguaio, por sinal, animou o brasileiro a querer jogar no Barcelona.

 

“É um grande amigo, uma honra poder voltar a jogar com ele. Me ajudou, me escreveu muito, contava como era a cidade, o clube. Isso cada vez me dava mais vontade de vir”.

 

Lesão e camisa sem número

 

Philippe Coutinho ainda não sabe quando vai estrear porque está machucado.

 

"Coutinho apresenta uma lesão evolutiva na face anterior da coxa direita. O tempo de baixa situa-se nos 20 dias", informou o clube em um comunicado.

 

Com isso, ele não estará apto antes do jogo contra o Alavés, dia 28 de janeiro, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. É possível também que a estreia seja no clássico catalão contra o Espanyol, dia 4 de fevereiro, fora de casa. O brasileiro não pode jogar pela Liga dos Campeões da Europa porque já defendeu o Liverpool na competição. O Barça enfrenta o Chelsea nos dias 20 de fevereiro e 14 de março.

 

Coutinho vestiu uma camisa sem número durante sua apresentação. Isso porque o único número disponível no atual elenco é o 24, geralmente utilizado por reservas ou que sobem da divisão de base. A expectativa é que ele use a camisa 7, ocupada pelo turco Arda Turán, que pode deixar o Barcelona durante a janela de transferências.

 

Fonte: Correio 24h

Artigo postado no dia 08 de janeiro de 2018, em Esporte.

Comentários

Deixe seu comentário