ESPLANADA INICIA PREPARATIVOS PARA FESTAS NATALINAS 2017

Política
25
NOV
2017

O valor do Natal para crianças.

 

Festas Natalinas representam excelentes oportunidades para, senão conservar, construir valores essenciais a todos, principalmente, às crianças.

 

Nesta época, o consumismo se torna algo muito perigoso. A mídia se aproveita exaustivamente para incentivar a comprar, comprar, comprar. Hoje, as crianças não se contentam apenas com um presente pedido ao Papai Noel. Já é comum tecerem listas de brinquedos enormes e esbarrarem em frustração quando não os recebem. É justamente nesta época do ano que se tornam claras e impiedosas as diferenças sociais. Enquanto muitas famílias não têm sequer o que comer, outras aproveitam para esbanjar bens de consumo supérfluos.

 

O que as crianças esperam do Natal e como agregar valores, nesta época ?

 

O psiquiatra e escritor Augusto Cury escreveu:

 

“É um crime estimular a emoção das crianças para um consumo desenfreado. Elas têm pouco filtro intelectual, reagem sem pensar. Têm, portanto, uma capacidade de escolha em formação. Crianças e pré-adolescentes precisam ter infância e consumir mais alegria, aventuras, desafios, e menos produtos. Empresas, inclusive programas infantis, que massacram as crianças para consumir, têm uma dívida impagável com a humanidade.”

 

A doação e a preocupação com o próximo devem ser ensinados às crianças desde cedo, inclusive durante o Natal.

 

 

Preparar sacolinhas de roupas, calçados, brinquedos e guloseimas para crianças carentes é uma boa forma de ensinar as crianças o verdadeiro sentido do Natal.

 

No começo não será fácil para a criança entender que entramos nas lojas para comprar algo que não seja para ela, mas é importante conversar e mostrar que não é só ela que gosta de brincar. Ela acabará aceitando e ainda ajudará a escolher os presentes.

 

O momento de maior aprendizado com certeza será a participação do seu filho na entrega das sacolinhas com brinquedos e roupas às crianças carentes. Com o passar do tempo, a criança que aprendeu a dividir e a doar, vai ficar até ansiosa em acordar cedo para levar os presentes com a mamãe e o papai, e ao chegar no local, irá se aproximando aos poucos e logo estará brincando com outras crianças.

 

Esta época de Natal também gera boas oportunidades para que pais e responsáveis ensinem a seus filhos sobre os prejuízos que envolvem o consumismo exagerado.

 

Até mesmo na hora da montagem da árvore de Natal e do presépio, são momentos importantes de ensino, explicando cada significado de cada enfeite e personagens da árvore e do presépio. Nessa hora, cabe aos pais ensinarem até mesmo as crianças menores, que a árvore não está ali apenas para que os presentes sejam colocados embaixo dela.

 

Não é preciso passar valores negativos em relação aos presentes. Muito pelo contrário, a troca de presentes mostra o valor da confraternização, da troca de carinho e amor. Os pais podem até mesmo fazer lembrancinhas com os filhos para serem entregues a familiares.

 

O ensino de dividir e doar mostra à criança a importância de prestar atenção aos sentimentos e dores de outras pessoas, do respeito aos idosos e aos animais de estimação. Ela aprende  valores e torna-se multiplicadora potencial, para que a humanidade seja, cada vez, melhor.

 

 

No município de Esplanada / BA destacam-se alguns ativistas sociais que tocam iniciativas muito boas, neste sentido e, por sua vez, a Prefeitura Municipal de Esplanada por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, pasta gerida pela Sra. Ednólia Jesus se prepara para realizar doações de brinquedos para famílias carentes. O procedimento legal referente à ação pode ser acessado por meio do link:

 

Prefeitura inicia preparativo para doação de brinquedos

 

O site e o grupo Esplanada do Povo põem-se totalmente a favor deste tipo de iniciativa a qual entendemos visar o despejo de sábias gotas de felicidade, ao promover uma espécie de acalento à crianças, às famílias carentes. Entendendo neste o verdadeiro sentido do Natal, nos colocamos à disposição de ativistas e autoridades tanto para a participação quanto para a cobertura e promoção deste tipo de iniciativa que entendemos ser bastante nobre.

 

Fonte: Esplanada do Povo com informações do Guia Infantil & AMTEC

Artigo postado no dia 25 de novembro de 2017, em Política.

Comentários

Deixe seu comentário