Glória Maria afirma que retrospectiva 2016 foi a mais complicada que já fez

Eventos
30
DEZ
2016

Em um ano tão cheio de acontecimentos, a piada "não queria ser a pessoa que vai fazer a retrospectiva de 2016" tomou conta das redes sociais.
 
Afinal, com tantos assuntos para serem mostrados, os usuários da internet consideraram que o responsável por compilar os acontecimentos e decidir quais e em que ordem serão mostrados tem um dos trabalhos mais complicados de todos.
 
Na Globo, essa tarefa também coube a Glória Maria. Com mais de 40 anos de experiência na emissora, a jornalista e apresentadora confirma que não é modo de falar. Para ela, nunca foi tão difícil fazer o programa de fim de ano. "Neste ano, está sendo muito mais complicado a gente fechar a 'Retrospectiva', porque a cada dia aparece um fato novo. O texto que a gente fez ontem não vale mais hoje", diz a jornalista ao "F5".
 
"Acho que nunca houve uma retrospectiva tão trabalhosa para fazer, para preparar e para selecionar os assuntos", acrescentou. Na atração que vai ao ar nesta sexta-feira (30), após "A Lei do Amor", Glória exibirá ao lado de Sergio Chapelin os principais assuntos do ano, como os protestos no Brasil, o impeachment de Dilma Rousseff, a Olimpíada, a tragédia da Chapecoense e a eleição de Donald Trump, nos EUA.
 
Agora, quanto aos temas de menor destaque, talvez seja melhor esperar até o último momento para decidir se eles terão espaço para entrar na atração. "Até o dia 30, a gente vai fazer modificações. Foi um ano tão devastador que a gente está tendo um trabalho insano para botar esse programa no ar", diz Glória. "Então, com certeza é a 'Retrospectiva' mais trabalhosa de que eu já participei", completa.
 
A "Retrospectiva 2016" vai ao ar nesta sexta (30), após "A Lei do Amor", na Globo.

Fonte: Bocão News

Postado em: Eventos Nº de Views: 114 Comentários: 0
Prezado leitor, comentários postados, aqui, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. No entando, caso depare-se com algo que entenda atentar contra direito ou violar um dos termos de uso deste site, denuncie. Caso queira saber mais, leia os termos de uso do site.

Deixe seu comentário